fbpx

5 mudanças que a era digital trouxe para a comunicação e o marketing

5 mudanças que a era digital trouxe para a comunicação e o marketing

A comunicação e o marketing sofreram grandes modificações nas últimas décadas. A grande responsável é a revolução tecnológica, que tomou conta do mundo e chegou para ficar.

Até meados dos anos 90, toda a comunicação era impressa. As pessoas recebiam o jornal em casa, compravam revistas, livros, recebiam catálogos de lojas e escreviam cartas, que viajam longas distancias para contar notícias aos amigos e familiares. Computadores em casa eram raridade e a internet era vagamente utilizada.

De lá para cá, tudo mudou. O papel lentamente desaparece, dando lugar a smartphones cada vez mais potentes, tablets, e-readers. A transformação digital causou uma ruptura com os moldes tradicionais de comunicação, e também da maneira como se faz marketing.

Dados da pesquisa Digital Around the World in 2018 revelam que mais de 4 bilhões de pessoas estão conectadas à rede. E mais de 3 bilhões são usuários ativos de redes sociais.

Os desafios para profissionais e empresas se multiplicaram. O perfil do consumidor mudou. Se tornou mais exigente, imediatista e, claro, tecnológico. Tudo está à distância de um clique.

Para que as mensagens atinjam o novo público é preciso que profissionais e empresas se adaptem aos novos tempos. Por isso, fique atento a estas 5 mudanças expressivas e atuais que a era digital trouxe para a comunicação e o marketing.

 

Redes sociais e comunicação em tempo real

Com o boom das redes sociais e sistemas de mensagens instantâneas, alcançar os clientes se tornou quase um jogo de roleta.

O marketing da empresa gira como a bola, rebotando em vários espaços antes de finalmente encontrar o seu. As mídias sociais- bem utilizadas- podem representar aquela sorte extra, para fazer com que a bola alcance o número exato no qual se jogou, ou seja, seu público alvo.

As redes sociais são um canal de forte impacto quando se trata da promoção de produtos e serviços. Não é à toa que os investimentos em publicidade de mídias sociais continuam a crescer em ritmo acelerado, como mostra esta pesquisa da iProspect.

No entanto, esse não é seu único papel. As redes sociais permitem que o consumidor interaja com as empresas à velocidade de sua conexão. Com isso, as opiniões sobre os produtos, as dúvidas e as manifestações são constantes e podem jogar um papel pesado no sucesso da marca.

Uma pesquisa da revista Forbes revelou que empresas que interagem mais nas redes sociais conseguem até 79% a mais de aprovação da marca que as que não o fazem. Mas, apenas interagir não é suficiente.

O novo consumidor quer agilidade e informalidade. Quer reconhecimento e interesse por parte das marcas que consome.

Um case de sucesso na comunicação via redes sociais é o da Netflix. Além de publicações simpáticas e interessantes, que atendem as necessidades de seus clientes, as respostas aos comentários são constantes e sempre primam pelo bom humor. Vale a visita explorativa ao Facebook da empresa!

Por outro lado, os serviços de mensagem instantânea, como o WhatsApp, também são mercados para a comunicação com consumidores e o marketing. Não são poucas as empresas que já oferecem esse meio de comunicação e aproveitam grupos e WhatsApp lists para enviar informações aos consumidores.

 

Milagre da multiplicação da informação

Antigamente, quem não lia jornais se sentava para escutar as notícias no rádio ou assistir as notícias na TV. Eram as únicas maneiras de saber o que acontecia no Brasil e no mundo.

Hoje, tudo está acessível. Basta entrar no Google e faz uma pesquisa.

Mais que isso: a informação chega, simplesmente. O consumidor recebe uma carga imensa de fatos, propaganda e informações no geral ao longo do dia. É muito simples compartilhar qualquer coisa.

Profissionais e empresas encontram aí mais um desafio. Como alcançar esse novo público?

Neil Patel, um dos mais importantes influenciadores do marketing digital atual, explica que conteúdo relevante é a chave. Tudo o que se produz deve ter alta qualidade, estar extremamente focado em atingir um público concreto e não se desviar do assunto.

Isso nos leva a próxima mudança.

 

Métricas e analíticas

A tecnologia digital permite que os profissionais obtenham muito conhecimento sobre seus clientes, coisa impensável no passado.

Esse alto número de dados é direcionador de comunicação e marketing das empresas de sucesso na atualidade. Entender quais métricas que são realmente importantes para sua área de atuação é extremamente importante.

A criação de conteúdo personalizado e focado no cliente causa impacto real. A chave é saber quem é o público alvo, também chamado de persona, e criar todo o conteúdo voltado para o que lhe chama a atenção e o convida a interação.

 

O storytelling

Na era digital, os clientes procuram informações sobre as empresas com as quais interagem. Já não basta só saber o que a empresa oferece: As pessoas precisam se identificar com a história que a empresa conta.

A habilidade do storytelling está intimamente ligada à comunicação na era digital. Trata-se de um conteúdo menos invasivo que a publicidade pura e dura, mas muito, muito persuasivo!

Com uma narrativa interessante, o cliente se aproxima do negócio. Esse meio de comunicação vem sendo utilizado com maestria pela rede O Boticário, entre muitas outras. O conteúdo é mais leve, direto e cria uma relação emocional do cliente com a marca.

 

Influencer Marketing

O marketing de influência sempre existiu. Antes, era feito pelos amigos e parentes, através da indicação. Quem é que nunca escutou a mãe e comprou em determinada loja porque ela indicou?

Na era digital, o marketing de influência se popularizou ainda mais. As pessoas procuram as opiniões de outros consumidores, participam dos grupos de recomendo e não recomendo nas redes sociais e, claro, escutam as opiniões dos influencers mais importantes.

Há algumas décadas, cabia somente a celebridades ser a cara das empresas. Hoje, cada vez menos famosos são recrutados para as campanhas e os influenciadores reinam absolutos no marketing digital.

Um influenciador trabalha duro para construir uma relação com seu público. Eles fazem vídeos, respondem comentários, tiram dúvidas dos expectadores e muito mais. Isso os torna próximos ao cliente do que uma celebridade seria. A conexão emocional mais uma vez joga seu papel.

Dessa forma, quando um influencer indica certo serviço ou produto, seus seguidores o escutam. É tão ou mais potente que uma indicação de amigos!

 

Como se manter atualizado?

Fazendo cursos de Marketing Digital.

Um curso de Marketing Digital oferece entendimento do mercado, atualização e direcionamento para profissionais e empreendedores, independentemente do setor de atuação. Trata-se de um recurso valioso, capaz de potencializar vendas e abrilhantar currículos.

Os estudantes também se beneficiam com cursos na área. Eles complementam o aprendizado obtido na faculdade, estimulam a autonomia profissional e os capacita para atender a demanda do mercado.

A era digital seguirá transformando o modo como nos comunicamos e, consequentemente, a maneira de se alcançar os clientes. Tudo ocorre de forma muito rápida e é preciso manter-se atualizado, entender o funcionamento da internet como um todo e estar em posse de todos os dados que influenciarão diretamente sobre empresas e profissões.

O Marketing Digital é uma área de conhecimento nova, em constante transformação. A única maneira de acompanhar seu desenvolvimento, novas tendências e aprender como funciona o novo mercado é através do preparo.

E você? Vai ficar estagnado ou começar a se preparar para o futuro?